Vem aí o PIX, o sistema de pagamentos que vai revolucionar o mercado

Por

A BPP foi uma das primeiras a realizar teste liberado pelo BACEN e a mais rápida

O PIX chegou para revolucionar o sistema de pagamentos no Brasil. Irá unir bancos e outros agentes de pagamentos digitais e assim, facilitar o envio de dinheiro. Antes mesmo do lançamento oficial, marcado para novembro de 2020, já recebeu 980 solicitações de adesão por parte empresas, segundo informações do Banco Central. O PIX pretende conectar fintechs, varejistas, pessoas, bancos tradicionais e digitais por meio de um único sistema que poderá transferir dinheiro em segundos de maneira rápida e praticamente sem custo. 

Rápido, fácil e com QR code

O PIX deve se popularizar rapidamente, pois melhora experiências que atualmente são muito ruins, trabalhosas, demoradas, como é o caso do pagamento de boleto. O uso do QR code permitirá a compensação imediata de boletos. Isso significa agilidade, além da  possibilidade de um volume imensamente maior de transações em pouco tempo. E o melhor: tudo com a segurança de um modelo 100% rastreável.

Pelo seu potencial de fazer transações ágeis e praticamente sem custo o PIX promete derrubar modelos antigos de transporte de valor e revolucionar.

BPP, a primeira em PIX

A BPP foi uma das convidadas a participar da primeira fase do projeto e se preparou para que o teste de conectividade do PIX fosse realizado com sucesso. Em meio às demais instituições participantes, a BPP obteve o menor tempo de transação com sua API.

Pagamentos instantâneos no entanto, é apenas um dos grandes benefícios do PIX. O sistema vem para acabar com TED, DOC trazendo mais tecnologia ao mercado, já que apresenta funcionalidades como QR Code, chaves de endereçamento e ainda a questão de ser contactless, ou seja, não é preciso tocar fisicamente em nenhum dispositivo para realizar pagamentos, diferencial que ganhou força no pós-pandemia.

Estamos nos preparando para atender o novo formato para pagamentos e transferências desenvolvido pelo Banco Central que irá agilizar e contribuir para redução dos custos das transferências bancárias e pagamentos permitindo que um maior número de pessoas possam fazer uso do serviço que tem a pretensão de ser rápido, barato e seguro”, ressalta José de Carvalho Júnior, diretor de Produtos da BPP.

TED E DOC nunca mais

Economia é mais um dos grandes trunfos do PIX. Acostumado a pagar até 18 reais por um simples DOC e ainda ter que esperar um dia para ter o valor disponível, o brasileiro vai ficar surpreso com a ousadíssima promessa do sistema. Cerca de 4 reais por transação e dinheiro na conta do recebedor instantaneamente, inclusive nos finais de semana e feriados. A chegada do PIX irá auxiliar na democratização do mercado financeiro, trazendo facilidade ao dia a dia do cidadão.

Como vai Funcionar o PIX?

A ideia é ter o serviço disponível no app do banco ou  instituição participante. Para ter acesso bastará indicar número de telefone, e-mail ou CPF de quem vai receber o dinheiro. Pagamentos por QR Code também serão contemplados com o novo sistema, tudo muito fácil e dinâmico.

Alinhada à proposta do Banco Central, seguindo a linha de inovação na qual sempre busca atuar, a transferência entre contas BPP é uma realidade dentro da instituição e pode ser realizada de forma instantânea e a qualquer hora e dia, sem custo e de forma totalmente segura.

Bank as a service

Como se não bastasse ser a forma de pagamento mais inovadora do momento, o PIX irá democratizar a utilização deste tipo de serviço, antes restrita a bancos. Empresas do setor varejista, interessadas em facilitar, agilizar seus negócios e obter dados, poderão através da BPP, contar com os benefícios da plataforma em suas transações. Ou seja, mesmo não sendo uma instituição bancária, empresas de qualquer segmento podem fornecer serviços financeiros, garantindo comodidade e agilidade para seus clientes quando o assunto for crédito. Outra grande vantagem para empresas é a possibilidade de reunir dados de clientes nas transações. Se antes precisava contratar ferramentas para isso, agora a geração de dados é automática, nas transações via PIX. Mais que praticidade, o PIX representa a abertura para novos negócios e novas possibilidades alinhadas aos novos padrões da transformação digital.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.