O que é o PIX, o sistema de pagamentos instantâneos, e como funciona?

Por

O PIX

O PIX é uma nova alternativa de transações financeiras que vai revolucionar o jeito de fazer pagamentos. O objetivo é permitir a troca de valores em transações rápidas, sem intermediários, em tempo real e com custos infinitamente menores, se compararmos aos modelos tradicionais – doc e ted.

Outra grande vantagem do sistema é que o PIX funcionará todos os dias do ano, sem limitação de horário nem de valor, o que vai aumentar a quantidade de transações, aumentar as vendas e aquecer todos os mercados.

Descubra agora como essa nova opção de transferência de valores vai mudar a vida de empresas, pessoas e gerar negócios.

Fácil de usar

Com o PIX, as transferências podem ser realizadas literalmente a toque de caixa, usando apenas um celular. São duas as formas de transação:

Entre pessoas físicas e/ou jurídicas;
Para organizações governamentais (impostos e taxas).

Para usar o PIX, será necessário que tanto o pagador (quem envia) quanto o recebedor (quem recebe), tenham uma conta transacional – contas-correntes, contas de pagamentos, Conta Digital BPP, conta-poupança ou conta-salário – em um banco ou instituição de pagamento.

As transações poderão ser realizadas da forma tradicional, com a coleta de dados do recebedor, exatamente como se faz no envio de uma TED hoje, mas também poderão ser feitas via Chave de Endereçamento ou QRCode.
No primeiro caso, o PIX vai permitir que você associe sua conta a um e-mail, telefone celular ou CPF/CNPJ. Em seguida, já poderá realizar transações apenas informando um e-mail e o valor (por exemplo).
Também será possível ler QRCodes para identificar o recebedor e, com isso, realizar a transação. Os QRCodes poderão ser estáticos – aqueles impressos nos estabelecimentos, ou dinâmicos – gerados para cada transação.

Onde entra a BPP?

A BPP está participando da homologação do PIX e foi a primeira entre todas as instituições de pagamento e bancos a cumprir todos os requisitos do Sistema Brasileiro de Pagamentos. É também a primeira a disponibilizar uma API para que indiretos participem dessa revolução em pagamentos.

No dia 3 de novembro de 2020, o Pix da BPP estará pronto e será lançado. A partir desta data, todas as contas de pagamento (contas digitais) da BPP poderão ser utilizadas para enviar ou receber PIX, mas antes você terá de associar sua conta a uma chave de endereçamento, que poderá ser seu e-mail, telefone celular, CPF ou CNPJ.

Acompanhe nosso blog e redes sociais para saber todas as novidades e atualizações do PIX.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.