O que é fintech e por que esse termo ficou tão popular?

Por

Fintech é o termo usado para conceituar startups inovadoras e serviços financeiros modernos que simplificam a vida financeira das empresas.

Fintech é um conceito que tem suas origens no setor financeiro e se refere principalmente à facilidade tecnológica de uma instituição. Com o tempo, assumiu outro significado — há alguns anos, o termo fintech tem sido usado no contexto de startups inovadoras e serviços financeiros modernos.

Smartphones, MP3 players, câmeras digitais, notebooks, GPS e muitos outros dispositivos, causaram uma transformação na vida das pessoas, empresas e indústrias. A verdade é que a Internet e os dispositivos móveis revolucionaram o nosso cotidiano. Seguindo o mesmo caminho, as fintechs estão transformando o setor financeiro.

As novas tecnologias abalam o sistema bancário, introduzindo inovações na forma como realizamos transações e pagamentos. Serviços que já foram do domínio dos bancos agora podem ser realizados com um simples clique, sem precisar se deslocar a uma agência física para conversar com um consultor ou gerente. Entenda por que o termo fintech ficou tão popular. Boa leitura!

A fintech está revolucionando os serviços financeiros

Quando falamos de novas tecnologias não estamos nos referindo apenas aos aplicativos; mas à inteligência artificial, análise comportamental e marketing preciso, baseados em dados concretos fornecidos pelos próprios usuários.

As Fintechs envolvem seus clientes, aprendem seus comportamentos e fornecem soluções que trazem reais benefícios para eles. Dessa forma, o mercado das fintechs tem crescido a um ritmo vertiginoso, impulsionado, entre outras coisas, pelos modelos blockchain, peer-to-peer e crowdfunding.

Esses empreendimentos financeiros, em sua maioria desenvolvidos por pequenas startups, ameaçam grandes instituições. Isso porque os investidores procuram financiar idéias promissoras que interrompam o monopólio bancário.

Serviços financeiros das fintechs

Financiamento de empresas e empréstimos ao consumidor são ramos financeiros que poucos tinham acesso por meio dos bancos, até agora. Hoje, há muitas outras maneiras de captar recursos e de investir na concessão de empréstimos a terceiros.

Os empréstimos em um modelo peer-to-peer facilitaram o acesso a esse serviço e ainda ajudam os tomadores a economizar, oferecendo margens menores do que os bancos e  abrindo novas possibilidades para os investidores.

Da mesma forma, o crowdfunding — uma forma de financiamento que permite a criação de projetos apoiados por um grande número de pequenos depósitos feitos pelo público em causa — ganha popularidade. Isso ajuda muitas empresas que não podiam contar com fundos suficientes nas formas clássicas de financiamento.

Além dessas transformações, a maior mudança causada pelas fintechs aparece nas formas de fazer transações financeiras. Soluções digitais simplificaram processos de pagamentos por cartão ou pagamento sem contato, oferecendo mais praticidade, segurança e menores custos aos usuários. Da mesma forma, contas digitais permitem realizar transferências de forma rápida e barata.

O mercado das fintechs tem como objetivo diminuir as margens geridas por grandes instituições, excluindo intermediários do jogo. Um exemplo de tal prática são as plataformas de investimento que permitem rastrear investidores e colocá-los em contato com empresas que precisam deles.

Como a Fintech se tornou tão popular

Os bancos não são exatamente conhecidos por sua transparência ou por serem amigáveis com os clientes. Por outro lado, a maioria dos aplicativos de tecnologia financeira oferece soluções simples e transparentes, que superam os obsoletos aplicativos dos bancos tradicionais. Fornecer soluções que quebram com práticas bancárias desatualizadas é uma especialização das fintechs.

As soluções de fintech têm foco nas necessidades dos clientes e oferecem serviços que simplificam a vida deles. Hoje, é possível realizar transações financeiras com o celular, sem precisar sair de casa e ir até uma agência bancária.

A Fintech não é apenas inovadora na esfera tecnológica — elas estão criando produtos no mercado como nunca antes, usando modelos financeiros que ninguém jamais inventou.

O futuro da fintech

Pesquisadores desse mercado enxergam um avanço na automação dos serviços financeiros, que não apenas facilitam as transações, mas também possibilitam investimentos baseados em análise de dados.

As instituições financeiras estão cada vez mais atentas à concorrência criada pelas fintechs. Os bancos tradicionais oferecem braços digitais aos seus clientes, mas não conseguem superar a qualidade e o baixo custo dos serviços oferecidos pelas fintechs.

Outra tendência no ramo da fintech é a unificação de sistemas e o compartilhamento livre de informações. Dados preciosos, ao serem compartilhados, permitem que empréstimos sejam concedidos mais rapidamente e a credibilidade dos parceiros de negócios verificada em apenas alguns cliques.

Conheça a BPP: a fintech que simplifica processos e empodera negócios

A BPP é uma Instituição de Pagamento com foco na inovação para criar soluções que atendam às demandas das empresas de reduzir custos, facilitar os processos e a gestão financeira. Usamos a tecnologia para criar soluções inovadoras que simplificam as transações financeiras.

A BPP possui o certificado do BACEN e é tão ou mais segura que os bancos tradicionais. O Banco Central estabelece normas rígidas na atuação das Instituições de Pagamentos, que precisam ter um alto nível de segurança. A certificação das IPs e o controle de sua atuação, proporcionam segurança e agilidade para os clientes, em todos produtos e serviços oferecidos.

As fintechs estão revolucionando a vida financeira das empresas e por isso se tornaram tão populares. Conheça nossos produtos e serviços que resolvem os problemas da sua empresa e cresça com mais liberdade nessa nova economia.

Tags:

Veja também

Deixe seu e-mail e receba nosso conteúdo

A BPP é especialista em meios de pagamento inteligentes.

Seu e-mail não será publicado em outros canais.