Foi dada a bandeirada das vendas. Saia na frente.

Por

A autorização para o funcionamento do comércio é a bandeirada que o setor esperava para voltar a competir pelo consumidor.

Desde março, as atividades do comércio chegaram ao seu menor patamar em anos. Isso não é o fim, mas o recomeço. Verdade que as lojas online aproveitaram este vácuo para capturar e conquistar diversos consumidores. Até mesmo para estimular aqueles que nunca haviam comprado pela internet antes. Se o consumidor descobriu novas e seguras alternativas que o e-commerce oferece, percebeu por outro lado que pontos de contato presenciais são importantes e dependendo do produto, indispensáveis. Basta ver a quantidade de pessoas que comprou roupas sem experimentar e trocou. Outra coisa ficou clara nesse meio tempo: digital e off line podem se ajudar e um não exclui o outro, do contrário ações omnichannel não fariam nem sentido.

Faturamento a vista

Resta saber agora como será o pensamento estratégico e a criatividade para desovar estoques, mudar o jeito de fazer as ofertas e otimizar o tempo que nos resta, assim como rentabilizar as três datas chaves que se aproximam. Dia das Crianças, Black Friday e Natal, datas em que neste ano particularmente o comércio aposta alto, para recuperar as vendas e garantir um janeiro estável.

Ladeira acima

Depois de 4 meses de downgrade, em julho o setor de serviços teve alta de 5%, segundo o IBGE. Já o varejo apresentou alta de 8% no restrito e 12% no ampliado, o que é mais um indicador de que a retomada está acelerada.
Com três meses de recuperação pela frente, é hora de arregaçar as mangas e criar promoções envolventes, que tenham força e apelo para resgatar o consumidor que ficou afastado desde março. Neste momento em que se reinventar se tornou a regra, a dica é criar premiações e promoções de adesão simplificada e que ofereçam prêmios tangíveis, dando ao consumidor uma perspectiva positiva em relação aos sorteios.

Promoção é a solução

Prêmios mais baixos e mais fáceis de conquistar sempre funcionaram. E agora, mais do que nunca, principalmente considerando que a volta ao consumo pode ser lenta e com valores de ticket menores que os habituais. Neste contexto, a palavra “promoção” faz todo sentido, já que a ordem é impulsionar vendas, trazer giro para o negócio e ressuscitar o faturamento.
Neste contexto além de ideias, promoções temáticas atraentes e prêmios relevantes, o cartão BPP Promo pode ser um grande aliado do varejo. Devido a portabilidade e facilidade de oferecê-lo, o cartão é uma alternativa excelente, pois une praticidade e fácil implementação.
Já que estamos falando em resultados e eficiência, outra grande vantagem do BPP Promo é a facilidade com que ele viabiliza qualquer ação promocional, livrando o estabelecimento de tantos steps e procedimentos burocráticos, que acabam inviabilizando as ações tradicionais.

Atraia novos clientes

Com o cartão BPP Promo, a mecânica da promoção também se torna mais simples, além de ser o único do mercado que tem a opção de carregar até 1 milhão de reais. Ou seja, há espaço para premiações de alto valor percebido, mas também para premiações menores que contemplem um número maior de consumidores. Somos uma instituição financeira que já emitiu mais de 5 milhões de cartões, desde sua fundação. A parceira perfeita para construir uma campanha promocional segura, atraente, eficiente e simples para divulgar sua marca e conquistar mais público.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.