Conta de Pagamento

Dicas para fazer um planejamento financeiro

Por

O planejamento financeiro ajuda a criar os recursos necessários para conquistar objetivos e realizar sonhos.

Para administrar a própria renda é preciso saber o que é essencial para você. O mais importante de tudo é ter clareza onde se quer chegar, ter metas claras para pensar nos passos que precisará dar para alcançá-las. Você só vai conseguir se planejar financeiramente se souber o que é prioridade na sua vida. Muitas vezes, será preciso se livrar de maus hábitos e fazer concessões, economizar.

Conquistar uma estabilidade e até a liberdade financeira passa por um planejamento e pela boa administração do dinheiro. Em primeiro lugar, é preciso mapear a sua vida financeira e então fazer um planejamento condizente com a sua realidade. Administrar a própria renda e ainda fazer o seu dinheiro render não é uma tarefa fácil, mas possível com um bom planejamento financeiro. Pensando nisso, escrevemos esse artigo com dicas que vão te ajudar a organizar a sua vida financeira. Boa leitura!

Faça um mapeamento financeiro

Se você está precisando de um empurrão inicial, a dica é fazer um mapeamento financeiro por pelo menos um mês. Isso significa listar todas as suas rendas e despesas  — fixas e variáveis. Pode parecer trabalhoso, mas só anotando todas as suas receitas e os seus gastos você poderá ter uma ampla noção para onde está indo o seu dinheiro.

Com o mapeamento feito, você poderá localizar despesas excessivas e tentar reduzi-las. Da mesma forma, saberá onde pode economizar quando quiser ter um gasto extra, sem precisar se endividar. Os dados levantados no mapeamento são essenciais para fazer um planejamento financeiro eficaz.

Transforme seus sonhos em objetivos

Fazer um planejamento financeiro quando se tem um objetivo claro, ou seja, quando você sabe o que quer fazer com o seu dinheiro, fica muito mais fácil. Isso significa transformar os seus sonhos em objetivos e, então, criar metas e estratégias para realizá-los. Agindo assim, você abre mão de gastos desnecessários mais facilmente, pois tem um motivo para isso.

Mantenha o seu padrão de vida de acordo com a sua realidade financeira

Muitas pessoas gastam mais do que podem e acabam contraindo dívidas eternas. Sabe por que isso acontece? Falta de planejamento financeiro. Quando você faz um mapeamento da sua vida financeira e estabelece metas claras, fica muito mais fácil saber o que e quanto você pode gastar ou não, sem correr riscos de passar  dos limites e precisar recorrer a empréstimos.

Aprenda a poupar e invista esse dinheiro

Não importa quanto você ganha, é muito importante entender que, para ter uma estabilidade financeira, precisa construir ao menos uma reserva. Separe de 10 a 30% do que recebe e poupe até chegar a uma quantia que você possa investir e ter um dinheiro guardado para imprevistos, como ser demitido, por exemplo. Pode parecer algo difícil de cumprir, mas é um bom hábito financeiro que ajuda a fazer o seu dinheiro render.

É muito importante inserir no seu planejamento financeiro as quantias destinadas a  investimentos. Mesmo que comece com pouco, comece, vale a pena pela sua segurança e independência financeira.

Estabeleça prioridades

Como vimos acima, é muito importante saber quais são as suas prioridades para fazer um planejamento financeiro. Isso vai te ajudar a evitar gastar com coisas desnecessárias que acabam comprometendo o orçamento do mês. Lembre-se que os custos essenciais são: moradia, alimentação e transporte, o resto precisa ser muito bem pensado para não perder dinheiro com coisas supérfluas. Quando você tem objetivos, fica mais fácil resistir às tentações e conseguir realizar os seus sonhos.

Estabeleça limites para seus gastos

Os custos essenciais não podemos modificar, mas os gastos variáveis — como a cerveja com os amigos e os jantares com a namorada — podem ser controlados. O problema é que a maioria das pessoas não estabelece um limite mensal para essas despesas e podem acabar se excedendo e comprometendo o orçamento.

A dica é transformar esses gastos em gastos fixos, estabelecendo limites para eles e, assim, conseguir monitorá-los e não gastar mais do se que pode.

Pesquise sobre os melhores investimentos

Vimos nesse artigo que investir deve fazer parte do seu planejamento financeiro. Seja para fazer uma reserva de emergência ou uma viagem de fim de ano ,é importante aprender a poupar uma pequena quantia por mês para poder investir. Pesquise sobre títulos públicos, fundos de investimentos ou ações. O importante é que você encontre o tipo de investimento que mais combine com o seu estilo.

Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia será a sua aliada no planejamento financeiro. Existem muitos aplicativos e planilhas online para você baixar e organizar o seu orçamento. Dessa forma, fica muito mais fácil acompanhar seus gastos e despesas e conseguir se organizar.

Abrir uma conta digital ajuda a manter o seu planejamento financeiro, pois você realiza e acompanha todas as transações financeiras de forma online pela plataforma ou app. No entanto, ter uma conta digital nos dias de hoje, tem inúmeras outras vantagens como: otimizar o tempo, não precisa se deslocar até agências, evitar filas e eliminar burocracias. Para abrir a sua conta digital não precisa comprovação de renda, nem pagar mensalidade.

Viu que fazer um planejamento financeiro não é tão difícil assim? Com um pouco de organização e disciplina é possível administrar a própria renda, conquistar a estabilidade financeira e ainda poder investir! Clique aqui para saber mais sobre a conta digital da BPP e comece agora mesmo a colocar as nossas dicas em prática!

Veja também

Deixe seu e-mail e receba nosso conteúdo

A BPP é especialista em meios de pagamento inteligentes.

Seu e-mail não será publicado em outros canais.